Na Indonésia, vice-presidente pede que o comércio eletrônico ajude a desenvolver a indústria Halal

O vice-presidente da Indonésia, Ma’ruf Amin, pediu às empresas digitais e mercados para participarem do desenvolvimento da economia e das finanças islâmicas. Além disso, o governo também tem aspirações de tornar a Indonésia o centro da indústria Halal mundial.

De acordo com o Comitê Nacional para Economia e Finanças Sharia (KNEKS), o desenvolvimento da economia e das finanças islâmicas está focado em quatro pilares: o desenvolvimento da indústria de produtos Halal, o desenvolvimento da indústria financeira islâmica, o desenvolvimento de fundos sociais islâmicos e o desenvolvimento e expansão das atividades de negócios da sharia.

Para ler a notícia completa clique aqui

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *