Brasil envia mais 60 toneladas de medicamentos, alimentos e insumos hospitalares para o Líbano

O Movimento de Ajuda Humanitária ao Líbano enviará esta semana a Beirute, capital libanesa, mais de 60 toneladas de medicamentos, insumos hospitalares e alimentos.

Hoje, 3 de setembro, na sede da Cruz Vermelha Brasileira, aconteceu o carregamento de dois contêineres que seguirão por via marítima. O processo foi acompanhado pelo representante do governo brasileiro nas ações de apoio ao Líbano, Michel Temer; autoridades políticas, religiosas e membros do Movimento de Ajuda Humanitária ao Líbano.

As doações são fruto da mobilização da comunidade líbano-brasileira, empresas solidárias ao Líbano e a Prefeitura de São Paulo.  O Governo Federal, o Itamaraty e a Embaixada do Líbano deram importante colaboração no que tange à logística – o que garantirá que as doações cheguem com celeridade às vítimas da explosão em Beirute.

O Movimento de Ajuda Humanitária ao Líbano seguirá em ação e já planeja uma segunda fase da campanha. Fazem parte do grupo a Embaixada do Líbano no Brasil; Governo Federal do Brasil; Associação de Juristas de Origem Libanesa – Instituto Kanoun; Associação Médica Líbano-Brasileira – AMLB; Câmara de Comércio Árabe Brasileira – CCAB; Câmara de Comércio Brasil-Líbano; Clube Atlético Monte Líbano; Cruz Vermelha Brasileira; Hospital Sírio-Libanês; Hospital do Coração – HCOR; Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP; Federação das Associações Muçulmanas do Brasil – FAMBRAS; Fundação Cristã da Diáspora Libanesa – FCDL;  Prefeitura Cidade de São Paulo; Mesquita Brasil; Sociedade Beneficente Muçulmana – SBM e a União Nacional Islâmica.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *