Golfo tem nova exigência para armazenagem de produtos halal

Os países do Golfo vão exigir a partir de maio que uma nova norma seja seguida por exportações de produto halal, próprios para consumo de muçulmanos. Através da GCC Accreditation Center (GAC) e da Emirates Authority for Standardization and Metrology (ESMA), a nova categoria J de certificação foi inserida entre os requisitos para armazéns e câmaras frias brasileiras por onde carnes bovina e de frango passarem após o abate.

Nizar Ghandour, diretor do setor internacional da FAMBRAS Halal, certificadora halal brasileira, explica que as empresas que utilizam entrepostos vão precisar se habilitar. “Quem vai precisar, em geral, são empresas de porte maior”, explicou Ghandour, sobre companhias cuja produção muitas vezes excede o espaço próprio e precisam utilizar armazéns de terceiros.

Para saber mais clique aqui

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *