Academia Halal do Brasil oferece treinamento para colaboradores da Itambé

A Academia Halal do Brasil – instituto privado de formação, treinamento, qualificação e capacitação continuada com especialização no segmento Halal – promoveu hoje (5), um curso online para colaboradores da Itambé.

A Itambé atua há mais de 70 anos e está entre as marcas de laticínios mais escolhidas pelos consumidores brasileiros.

Para produzir 3 milhões de litros de leite por dia para 160 mil produtos e mais de 5 mil fornecedores, a indústria conta com 3,5 mil funcionários diretos em 5 fábricas pelo Brasil.

A certificação Halal garante qualidade e segurança dos alimentos aos produtos das mais diversas marcas no mundo todo. Pensando no desenvolvimento profissional focado no segmento Halal, os cursos da Academia Halal do Brasil abordam temas, critérios e metodologias a serem utilizadas para o desenvolvimento profissional focado no segmento Halal.

Mediado pelo secretário-geral da Academia Halal, Delduque Martins, o curso teve como palestrantes o diretor-geral da Academia, Ali Zoghbi, e a Coordenadora de Qualidade, Elaine Carvalho.

Ali Zoghbi deu início às apresentações explicando os princípios do Islam e o surgimento do Halal no Brasil.

Em seguida, Elaine Carvalho falou sobre o conceito Halal, o processo de certificação e as normas internacionais. Para finalizar, Ali abordou as características do mercado Halal e do consumidor muçulmano.

 

Produtos lácteos no Brasil com selo Halal

A Certificação Halal de produtos lácteos do Brasil tem crescido e é considerada como um selo de qualidade não apenas para os países muçulmanos.

De acordo com o relatório de comércio exterior emitido pela Comex Stat do Ministério de Indústria e Comercio, o volume acumulado em 2020 de exportação de queijos e coalhadas no brasil cresceu mais de 20%, totalizando mais de 4 mil toneladas.

Já os produtos como leite, creme de leite e outros lacticínios aumentaram 26,6%, somando 26 mil toneladas.

Os países que mais importam produtos lácteos são: Estados Unidos, Venezuela, Chile, Paraguai, Filipinas e Emirados Árabes Unidos (que possuem uma população de muçulmanos relevante), juntos receberam 56,7% do total de leite, creme de leite e laticínios (exceto manteiga e queijo).

Visite o site da Academia Halal do Brasil e solicite um curso exclusivo para sua empresa.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *