Em 2020, as empresas alemãs investiram cada vez mais em halal

Neste ano, mais empresas alemãs dos setores de alimentos, farmacêuticos e cosméticos investiram em Halal para se manterem competitivas nos mercados de exportação e para satisfazer as necessidades dos consumidores.

Esta é uma tendência verificada por Günther Ahmed Rusznak, fundador e CEO da Islamic Information Documentation and Certification GmbH (IIDC), um centro de inspeção independente que comemora seu décimo quinto aniversário este ano. “Nosso negócio dificilmente é afetado pela pandemia”, disse Rusznak à Salaam Gateway. “Estamos ocupados com os pedidos que nos chegam.”

O austríaco e sua equipe de doze pessoas cobrem o mercado europeu por meio de escritórios na Alemanha, França, Áustria e Hungria.

Para ler a notícia completa clique aqui

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *