Homem convertido comemora ano novo chinês “Halal”

O chinês Ben Ooi Chooi Beng, 38, e sua esposa da Indonésia, Ema Ariani, 43, celebraram o ano novo chinês sem ferir os preceitos islâmicos. Eles eram cristãos, e consideram a comemoração desta data como uma celebração cultural, não religiosa.

“Embora eu agora seja um convertido, ainda sou chinês e meus relacionamentos com meus familiares nunca foram tão fortes. Tornei-me muçulmano, não malaio. Assim, todo ano novo chinês, eu vou à casa de meu irmão em Bayan Lepas para comemorar com outros membros da família, incluindo nossos pais ”, disse ele. “Meu irmão cozinha para todos os membros da família e compra comida Halal para mim e minha família de fora”.

Para ler a notícia completa clique aqui

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *