Malásia se volta para os produtos de beleza Halal

O Relatório de Estado da Economia Islâmica Global de 2018/19 mostrou que “os setores farmacêutico e cosmético halal continuam a expandir à medida que mais produtos são produzidos e os ingredientes são cada vez mais certificados como Halal”. Os gastos dos muçulmanos com cosméticos foram estimados em US$ 61 bilhões em 2017, o chegará a US$ 90 bilhões até 2023.

A Malásia parece estar no caminho certo em relação às indústrias farmacêuticas e de cosméticos halal, e o país já figura entre os dez maiores produtores do mundo.

De acordo com o Diretório Halal da Halal Industry Development Corporation (HDC), até o momento, 26 empresas estão listadas na categoria de negócios de cosméticos, 124 na categoria de beleza e três na categoria de cuidados com a pele. Entre as principais marcas nacionais de cosméticos halal e produtos para a pele estão a SimplySiti, a Pretty Suci, a So.Lek, a Nurraysa, a DUCk Cosmetics e a Elhajj Halal Skincare.

Para ler a notícia completa, acesse!

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *