Sudão quer vender goma arábica ao Brasil

O Sudão quer exportar goma arábica ao Brasil, abrindo a possibilidade para que o país participe do processamento do produto. O primeiro passo para atingir tal objetivo é levar brasileiros à Conferência Mundial de Goma Arábica que acontecerá na cidade sudanesa de Cartum, no Sudão.

O embaixador do Sudão no Brasil, Abdelmoniem Ahmed Alamin, ressaltou que o país é o maior produtor mundial de goma arábica. O insumo é utilizado na fabricação de medicamentos, alimentos e cosméticos, entre outros itens – cerca de 86 tipos de produtos. O país árabe, de acordo com o embaixador, precisa de parcerias e investimentos para fazer a manufatura.

O mercado brasileiro compra poucos produtos sudaneses de forma geral. Segundo dados do Ministério da Economia compilados pela Câmara Árabe, o Brasil comprou do Sudão apenas US$ 4 milhões em mercadorias no primeiro bimestre deste ano, dos quais US$ 430 mil foram em gomas, resinas e outros sucos e extratos vegetais.

Para ler a notícia completa clique aqui

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *