Exportações Halal crescem 10% em 2018 e beiram os US$ 5 bilhões

O Brasil vendeu, em 2017, US$ 4,5 bilhões em produtos Halal. Em 2018, segundo a FAMBRAS Halal, a perspectiva é que o mercado tenha faturado 10% mais – o que leva ao impressionante número que beira os US$ 5 bilhões. “Só não crescemos mais porque tivemos um ano bem atribulado: greve dos caminhoneiros, eleições, reflexos da Operação Carne Fraca, elementos que dificultaram a produção de carne e frango, os grandes responsáveis pelo alto faturamento do setor”, diz Ali Hussein El Zoghbi, Vice- Presidente da FAMBRAS Halal.

No mundo, estima-se que existam 1,8 bilhão de consumidores muçulmanos para os produtos Halal, atualmente. Porém, o número de muçulmanos cresce anualmente e, além disso, o produto Halal desponta como grande nível de qualidade e segurança alimentar, o que faz com que consumidores não-muçulmanos também apreciem comprar itens com selo Halal. “Por saberem que o alimento Halal passa por um crivo maior de exigência, muitas pessoas preferem comprá-lo – e isso é ótimo para os negócios”, pondera Zoghbi.

No mundo, esse mercado, atualmente, é avaliado em US$ 2,006 trilhões em 2017, com perspectiva de chegar a US$ 3,08 trilhões em 2022. O Brasil representa, neste contexto, o maior exportador de carne Halal do mundo. São 438 milhões de toneladas de carne bovina e 3,8 milhões de carne de frango exportadas por ano, principalmente para países árabes (35%), China (14,5%), Hong Kong (12,5%), Japão (7,8%), Chile (3,2%) e África do Sul (2,3%).

Para ler a notícia completa clique aqui

 

 

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *