Ministério da Agricultura vai ao Egito e Argélia para abrir mercado

O secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki tem viagem prevista para a Argélia e o Egito no começo do mês de setembro.  A intenção é buscar mercado para produtos brasileiros do agronegócio.

Tanto o Egito como a Argélia têm uma relação comercial forte com o Brasil e são mercados importantes para os produtos do agronegócio nacional. Entre os árabes, a Argélia é o segundo país com o qual o Brasil tem maior volume financeiro de trocas comerciais. O Egito é o terceiro.

De janeiro a maio deste ano, o Brasil exportou US$ 432,2 milhões em produtos para os argelinos e importou US$ 678 milhões. As vendas foram principalmente de açúcar, milho, carne bovina, óleo de soja e amendoim, todos produtos do agronegócio. No caso do Egito, a balança comercial é fortemente favorável para o Brasil. Nos cinco primeiros meses deste ano, os egípcios compraram US$ 835 milhões em produtos brasileiros e venderam US$ 64 milhões para o Brasil. As principais mercadorias exportadas pelo Brasil foram minérios, carne bovina, açúcar, tubos e milho.

Para ler a notícia completa, acesse

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *