Países árabes representam 40% das exportações de carne

40% das exportações de carne bovina brasileira seguem para países árabes. A afirmação é do presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Antonio Jorge Camardelli, que apresentou números e expectativas do setor para 2018.

Segundo estimativas da Associação, as exportações de carne bovina brasileira fecharão este ano com alta de 13%, gerando um faturamento de US$ 6,2 bilhões e o embarque de 1,53 milhões de toneladas para 134 países. Os maiores compradores são Hong Kong, China e Rússia. O cenário para 2018 é otimista e prevê alta de 9,8% do volume total exportado, e crescimento de 10,5% no faturamento anual.

Entre os vinte mercados que mais importaram carne brasileira, sete são países árabes. O Egito figurou em 5º lugar, com US$ 479,5 milhões e queda de 11% no comparativo de janeiro a novembro de 2017 com o mesmo período de 2016. Nesse mesmo comparativo, a Arábia Saudita, nono lugar nas importações, comprou o equivalente a US$ 161 milhões, aumento de 63%. Em 10º lugar, os Emirados Árabes Unidos compraram US$ 88,1 milhões, um aumento de 14%. A Jordânia aparece em 15º lugar, com US$ 44,5 milhões, um crescimento de 1,5%. A Argélia ficou em 16º lugar, com US$ 40,6 milhões, queda de 34,62%, e por fim, a Palestina, em 18º lugar, com US$ 25,1 milhões, se manteve estável em relação ao mesmo período do ano passado.

Para ler a notícia completa, acesse!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *