Garantia de abate Halal no Brasil deve aumentar exportação a países muçulmanos

Uma comissão de autoridades islâmicas visitou o ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, na semana passada. O objetivo foi solicitar uma garantia oficial de que o gado e o frango exportados para os países muçulmanos são abatidos dentro dos preceitos do Halal, a lei islâmica que determina o método de sacrifício dos animais. A preocupação

De acordo com o diretor de Promoção Comercial do Ministério da Agricultura, Evaldo Da Silva Junior, o governo brasileiro tem um estudo pronto, feito pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade de São Paulo (USP), que dá essa garantia e detalha os processos de abate de animais exportados para os países muçulmanos.  “No momento em que esse estudo for reconhecido como garantia de que os preceitos Halal estão sendo cumpridos no Brasil, vai gerar um aumento extraordinário das vendas para mais de 50 países muçulmanos”, afirmou.

Para ler a notícia completa, acesse!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *