Taiwan quer seduzir os turistas muçulmanos

O Escritório de Turismo de Taiwan não mede esforços para criar um ambiente amigável aos muçulmanos. Segundo Eric Lin, diretor da Divisão de Assuntos Internacionais do Departamento de Turismo de Taiwan, o governo concentrou seus esforços na construção de instalações (salas de oração e áreas de ablução) em locais públicos para viajantes muçulmanos e investiu em hotéis e restaurantes Halal em torno das principais atrações turísticas. O Bureau está trabalhando de perto com a Associação Muçulmana Chinesa (uma das organizações muçulmanas mais antigas de Taiwan) para emitir certificações para restaurantes que atendam aos padrões Halal.

O número de viajantes internacionais muçulmanos deverá subir para 220 milhões em 2020 – foram 117 milhões em 2015 – de acordo com o Global Muslim Travel Index 2016, publicado pela empresa de serviços financeiros MasterCard e CrescentRating – a principal autoridade

mundial em viagens halal. Os viajantes muçulmanos deverão gastar US $ 200 bilhões em 2020 e os números provavelmente tocarão US $ 300 bilhões até 2026. Para ler a notícia completa, acesse o link: https://arabiangazette.com/taiwan-halal-travelers-destination/

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *