Malásia discute a necessidade de criar-se um novo selo Halal

Por não confiar plenamente em todos os produtos Halal oferecidos no mercado, a Malásia está discutindo a necessidade de criar-se um novo selo Halal. A ideia deste selo seria a de diferenciar produtos Halal feitos por muçulmanos e não-muçulmanos. “O selo seria aplicado apenas em produtos Halal não produzidos por muçulmanos”, disse o presidente da Associação de Agricultores da Indústria da Borracha do país, Datuk Zahidi Zainul Abidin.

Empresários e outras entidades se posicionaram contra, já que o selo Halal da Jaquim, certificadora do país, é reconhecido internacionalmente, portanto, não há a necessidade de tal distinção. “Não queremos discriminar os produtos feitos por não-muçulmanos, apenas dar ao consumidor a liberdade de escolha”, dizem os empresários a favor da criação do novo selo.

Leia a matéria completa!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *