Comitiva da FAMBRAS Halal participa de missão comercial na Tailândia

O convite, vindo da Embaixada da Tailândia à FAMBRAS e outros representantes do setor privado brasileiro, foi feito com o intuito de que os países façam um intercâmbio de informações, e para que os tailandeses entendam como o Brasil se tornou o maior exportador de Halal do mundo.

Tailand-05

São Paulo, 04 de julho de 2016 – Uma missão brasileira composta por empresas que atuam no mercado Halal acaba de visitar a Tailândia para conhecer as práticas, a estrutura e a metodologia de trabalho Halal daquele país, e para compartilhar com eles sua expertise.

O convite, feito pelo Embaixador da Tailândia no Brasil, Sr. Pichayaphant Charnbhumidol, após a FAMBRAS ter assinado um acordo bilateral com a certificadora Halal tailandesa The Central Islamic Committee of Thailand, a fim de trocar informações e fortalecer o reconhecimento das instituições.

O objetivo da comissão diplomática foi promover o comércio entre os dois países, principalmente para o setor de alimentos, e também promover o diálogo entre o setor privado e público, para superar obstáculos que possam dificultar o comércio. A missão foi composta por uma série de reuniões com o governo tailandês, realizadas para tratar da abertura do mercado para o café, carne e ração animal brasileiros, e diversas visitas.

Michele Villadal e Helal Ghandour, integrantes da comitiva da FAMBRAS Halal, voltaram com muitas informações novas na bagagem, com destaque para o turismo e serviços Halal, praticados com êxito pelos tailandeses.

“Ficamos surpresos com a infinidade de hotéis, Spas e restaurantes voltados para o segmento. O conceito é interessante, pois além dos materiais e alimentos utilizados serem certificados e seguros, percebemos que outros detalhes não passam despercebidos por eles. A exemplo, o cuidado com a mulher de ser atendida por outra mulher em um Spa, ou de não ficar sozinha com um atendente do sexo masculino nas dependências dos hotéis, são pensados para seguir a jurisprudência islâmica. Isso também é Halal”, descreveu Michele, que é Auditora líder do Setor Halal Industrial da FAMBRAS. “Aprendemos com eles que é um nicho de mercado interessantíssimo e possível de ser trabalhado. Da mesma maneira, eles também aprenderam bastante conosco quando nos visitaram”, disse ela.

No seminário Brazil’s insight: Trade and Investment Opportunities, Michele ministrou uma palestra sobre os conceitos e o mercado Halal, para demonstrar ao governo e às empresas tailandesas o quanto a certificação Halal contribuiu para o desenvolvimento econômico do Brasil.

Além disso, a comitiva esteve presente na feira Thaifex – World of Food Asia 2016, voltada para a o setor alimentício de modo geral. O que mais lhes chamou a atenção é que a feira possuía um pavilhão inteiramente voltado ao Halal, e isso se deve à grande quantidade de produtos certificados no país. A experiência permitiu que os brasileiros entendessem o que está sendo produzido e certificado pela Tailândia. Lá encontraram alimentos dos mais diversos tipos, nutrifarmacêuticos e cosméticos, produzidos por empresas de todos os lugares do mundo, especialmente asiáticas.

Outra parte muito importante da viagem foi a visita a uma universidade Halal. Lá, foram apresentados aos brasileiros os avançados laboratórios que dão suporte à certificadora tailandesa, e demonstrados os tipos de análise realizados. “A estrutura construída para as análises e a busca incessante por atualizações nos procedimentos do segmento Halal, faz com que a The Halal Science Center Chulalongkorn University atue como um exemplo a ser seguido e reproduzido”, contou Helal Ghandour, do Departamento de Relações Internacionais da FAMBRAS. “Tudo o que vimos e aprendemos na universidade nos trará melhorias para as solicitações de análises laboratoriais que fazemos no Brasil”, acrescentou Michele.

Helal disse ainda que a capacidade de inclusão dos produtos Halal no mercado tailandês é impressionante, mesmo com a população muçulmana representando apenas cerca de 8% dos habitantes do país: “Alguns dos dados citados pelos responsáveis da HSC – CU, envolvem o número de produtos certificados pela Tailândia atualmente, cerca de 120 mil produtos certificados Halal, é um número notável ao se comparar até com países de maioria muçulmana”.

A FAMBRAS Halal certifica produtos apenas no Brasil, assim como certificadoras de outros países o fazem somente em seus locais de origem. “Por isso, é tão necessário realizar acordos e parcerias com as certificadoras locais, para que exista o intercâmbio de informações e a aceitação dos certificados emitidos mutuamente”, explicou a auditora.

Tailand-03

Tailand-04

Tailand-02

Tailand-01

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *